Calocephalus brownii - Plantas de interior de outra dimensão

Das minhas aquisições "exóticas" do passado mês de Julho, um Calocephalus brownii (Leucophyta brownii) e uma planta "Mikado", somente a primeira sobreviveu. 

sempre uma pontinha de desilusão quando não conseguimos fazer que uma planta de interior nova "vingue", mas confesso que não terei posto todo o meu esforço nessa tarefa. Assim sendo, acabou mesmo por sobreviver aquela que é sem dúvida a mais forte destas duas plantas, o Calocephalus brownii:

Calocephalus brownii
Nos primeiros seis meses de convivência com esta planta de interior, que ilações pude desde já retirar dos seus hábitos? 

A planta tem estado desde Julho, no seu (pequeno) vaso original. Coloquei-o no parapeito de uma janela virada a oeste, ou seja, a fazer companhia aos outros vasos com Crassula ovata e Sansevieria trifasciata, espécies estas que se dão bem com várias horas de sol direto por dia. Ao que parece, o Calocephalus brownii pode ser incluído nesta categoria, pois nunca vi sinais de as pequenas folhas prateadas murcharem ou sequer mudarem de cor.

Posso também confirmar que suporta bem a falta de água, pelo que regar uma vez ou duas por semana no verão é suficiente. No inverno tenho regado somente uma vez em cada 15 dias. 

O seu crescimento tem sido lento e nestes seis meses terá aumentado em altura apenas 3 ou 4 cm. No entanto, nunca tive necessidade de cortar sequer um ramo pois nenhum secou completamente... Quanto à propagação, verifiquei que a informação disponível na Internet sobre esta planta de interior é escassa. Alguns autores alegam que a propagação por estaca é possível, outros que apenas com sementes se consegue tal feito. Para verificar estas informações aparentemente contraditórias nada melhor que fazer a experiência! Assim sendo, cortei dois pequenos ramos na base da planta e coloquei os mesmos num pequeno vaso, com 50% de turfa e 50% de terra normal:

Plantas de interior - Calocephalus brownii
Propagação do Calocephalus brownii
Fiz esta operação há cerca de dois meses e tenho tentado manter a terra (h)úmida mas não encharcada. Os ramos estão exatamente como quando os cortei da planta-mãe, ou seja, não cresceram, mas também não morreram (acho). Como no inverno as plantas estão pouco ativas, penso que quando os dias começarem a ficar maiores e mais quentes, irei ter a prova dos nove relativamente à possibilidade de o Calocephalus se reproduzir por estaca. Para já, parece que se está a aguentar! 

Para quem estiver interessado em adquirir esta planta de interior, a mesma encontra-se à venda no IKEA. Basta procurarem na secção de "Decoração e Espelhos", no link "Vasos e Plantas". Custa apenas 1,5€ e é, no meu entender, uma aquisição muito interessante que podem fazer e que trará sem dúvida um toque de exotismo aos vossos jardins dentro de casa!