Plectranthus - Plantas de interior sem medo de procriar

Plantas de interior - Plectranthus
Plectranthus nummularius e Plectranthus coleoides (dólar)
Ao rever os meus apontamentos de 2003 sobre as plantas de interior que tinha na altura, pude constatar com alegria e algum orgulho à mistura, que algumas delas ainda estão comigo, e tendo em conta o seu aspecto atual, penso que ainda continuarão aqui por casa durante muitos anos. 

Uma dessas plantas é o Plectranthus nummularius. O vaso que vêem na foto tem na realidade duas espécies, o Plectranthus nummularius (folhas verdes) e uma aquisição mais recente, o Plectranthus coleoides (folhas verdes e brancas). 

Para além da diferença relativa à cor das folhas, a origem também diverge uma vez que o nummularius é originário da Austrália e ilhas do Pacífico, enquanto que o coleoides é originário da India. 

Penso que nunca encontrei uma planta de interior que fosse tão fácil de reproduzir como os plectrantos, talvez somente a erva-da-fortuna. É claro que o plectranto verde da foto não é o que tinha em 2003, mas é de qualquer forma um descendente da minha planta original, a qual deu origem a um sem número de novas plantas. 

Todos os anos na primavera, faço uma poda "radical" aos meus plectrantos, ficando a planta quase rente ao solo, e com apenas algumas folhas. Troco a terra, corto as raízes velhas e começo a regar com abundância. 

Podem não acreditar mas a planta da foto tinha 4 ou 5 pequenas folhas há duas semanas atrás... As estacas que resultam da poda colocam-se em água e ao fim de uns dias já têm raiz. Depois é só plantarem e oferecerem a amigos, familiares, etc. É impossível ficar com todas as estacas do plectranto pois caso contrário, não haveria espaço para tantos vasos....

O Plectranthus coleoides (dólar) não é tão vigoroso, cresce mais lentamente e até mesmo as estacas demoram mais a enraizar. Os cuidados a ter são no entanto os mesmos: Boa luz, com algumas horas de sol e rega abundante no tempo quente. Na verdade, rego os meus Plectranthus diariamente. 

A terra pode ser a normal que se encontra à venda em qualquer supermercado, mas assegurem-se que colocam argila expandida no fundo do vaso ou umas pedrinhas para que haja bom escoamento. Quando começa a chegar o tempo frio, rega-se menos. Uma dica: Quando as folhas começam a ficar ligeiramente moles, é sinónimo que a planta está novamente com sede.

Os plectrantos fazem parte das 10 plantas de interior mais fáceis de cuidar.